Impostos: o que muda (e o que não muda) em 2016

Novo Governo socialista só vai mexer nos escalões do IRS em 2017, no mesmo ano em que a sobretaxa desaparece definitivamente. IVA da restauração desce para os 13% já em 2016. TSU e IRC não mexem, tratando-se de matéria que “precisa de estudo”.
Segundo declarações do novo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, ao “Diário de Notícias”, a maior progressividade no imposto, de forma a reduzir a carga fiscal sobre os contribuintes, fica adiada um ano.
No próximo ano, haverá sim mudanças na sobretaxa, que descerá para 1,75%. No ano seguinte desaparecerá definitivamente.